....

sábado, 21 de julho de 2007

Foi no amor...



Foi no amor que me desci
Junto àquela velha rua
De esquinas magoadas
Sem propósitos
De ali ficar
Numa espera feita de ti
Sem acordo de mim

Foi nesse dia que me apresentei
Ao meu coração
Ele rasgou o sorriso de mel
Diante de tanta perdição
E disse-me ao ouvido
Vai, mas nunca voltes!

E foi nesse dia já tão longe
Que me esqueci de voltar
Sem nunca ter ido...

Será que o coração me perdoou?

Manuela Fonseca

1 comentário:

pessoa nenhuma disse...

olá cara colega do luso.
passei por aqui e aqui quero deixar o meu apreço por suas palavras, que nos acariciam este doce momento ao te ler. até breve