....

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

O Natal...


O presente... nem sempre é possível "aquele" presente.
Que te posso ensinar sobre o Natal?...
O Natal é um estado de espiríto, não uma data.
O Natal é em Dezembro e Dezembro é diferente, por isso.
O Natal são os amigos que nos aquecem.
O Natal também é a família que "não" escolhemos, mas que é a que temos...
O Natal perturba porque já sofremos neste tempo natalício.
O Natal alegra porque somos felizes e sempre o fomos.
E, por vezes, o Natal passa por ser mais um dia em branco nas velhas bolas enroladas em fitas douradas.

E, por fim, lá engordamos mais um kilinho se cedemos à tentação das coisas doces que não encontramos nos corações, mas que nos espreitam em cima das mesas...

Feliz Natal!

Nélinha ***

3 comentários:

Maria disse...

Eu faço Natal sempre que me encontro com os amigos...

Um beijo, Nelinha!
(e bom Natal)

Luis F disse...

"Nasce mais uma vez,
Menino Deus!
Não faltes, que me faltas
Neste inverno gelado
Nasce nu e sagrado
No meu poema,
Se não tens um presépio
Mais agasalhado.
Nasce e fica comigo
Secretamente,
Até que eu, infiel, te denuncie
Aos Herodes do mundo.
Até que eu, incapaz
De me calar,
Devasse os versos e destrua a paz
Que agora sinto, só de te sonhar.
Miguel Torga

Com os votos de um Feliz Natal, o teu amigo

Luis

ABELHA disse...

um "abusivo" acidental leitor.

Li adorei por isso lhe deixo uma gracinha: que este Natal seja tudo o que deseja, com mt saúde ...