....

terça-feira, 26 de abril de 2011

Os meus pés nus acrescentam sorrisos


Os meus pés nus acrescentam sorrisos
À púrpura do caminho que percorro
Em gestos afagados de ternura
Asas de anjo vestidas de arganaz
Palmilho os anos de uma vida a crescer
E na esquina de cada passo
Deslizo o amor que me acompanha
Em sentido único.

Manuela Fonseca

3 comentários:

Armando Sena disse...

Uma mensagem cheia de energia positiva.
Gostei.

Marta Vasil disse...

Poema de luz e de imensa ternura fabejado pelo deslizar do amor.

Beijinho Manuela

LEANDRO CHH disse...

Olá,Manuela.
Gostei muito do trabalho em seu blog, pois aborda poemas variados em seus posts.Parabéns pela iniciativa, à blogosfera precisa de trabalhos assim. Já estou seguindo seu blog, se desejar conhecer meu trabalho de estudos historicos o endereço é http://www.construindohistoriahoje.blogspot.com.
Um abraço,
Leandro